Eu me vejo de cabelos brancos,sentadinha em uma cadeira em movimento vem-e-vai e sobretudo,escrevendo.


(Ana Stefana Lisboa)

sábado, 22 de maio de 2010

Normalíssimo

Chega a ser engraçado enfrentar a vida com essa nova visão:Os amores sempre se renovarão,como um ciclo,uma vida.O interessantíssimo passa a ser normalíssimo.Eles se vão,Caro Leitor.E quem permanece são os amigos.Eles sim,são nossos verdadeiros
amores.Foi observado nos meus últimos meses resíduos de : ME AME POR FAVOR.Balela.Ligar todos os dias,deixar bem claro que precisa ser amada.Nada disso funciona mais.É justamente ao contrário.Não ligar nenhum dia,deixar nada claro.Ai sim,corre porque o bicho pega.O telefone toca sempre,os convites ficam pendentes.Essa minha mania de algum tempo atrás agora me faz ri.Hoje eu penso duas,três ou quatro vezes antes de ligar e às vezes,nem ligo.Isso me fez criar um imã imaginário com os amores,com os homens.Hoje,a insegurança me diz exatamente em que ser eu me tornei.Hoje,a insegurança me diz exatamente qual espécie de barreira eu conquistei.Hoje,eu analiso e reanaliso se amar é mesmo uma emergência pessoal.É fundamental ressaltar outra vez que o interessantíssimo passou a ser normalíssimo.

13 comentários:

  1. é amiga amores nem sempre são amaveis .... e que bom que esta tudo normal , há beleza na normalidade .... e ha tranquilidade tbm .... adorei o texto ...

    ResponderExcluir
  2. Muito bom o texto! Há um constante movimento de novas significações que movem a vida humana!

    Parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Adorei o texto!
    A felicidade é exatamente isso:Tranquilidade,paz no coração : )

    ResponderExcluir
  4. Filosófico texto Stefana. Bela abordagem sobre o tema, você foi breve e verdadeira, o tempo nos faz refletir sobre as experiências que acontecem conosco.
    Grande abraço e muito sucesso, serei um seguidor!

    ResponderExcluir
  5. amiga perfeito!
    e a amizade sim é o verdadeiro amor!

    ResponderExcluir
  6. com certeza amar,é fundamental.mesmo com as 'complicações'.

    ResponderExcluir
  7. Os amores sempre se renovarão, com certeza e com isso adquirimos experiências!!!!

    ResponderExcluir
  8. É inviável acreditarmos no amor depois de tantas desilusões, entretanto, afirmo com clareza, corra atrás... Ame mais... Viva tudo que quiser viver. A vida é toda sua... A vida é só sua. Não dedique ela a ninguém além de si mesma e se as pessoas quiserem entrar em sua vida, permita, mas lembre-se, ela é sua, não deles.

    ResponderExcluir
  9. Ótimo texto, me identifiquei demais.
    Seguindo!
    Beijooss

    ResponderExcluir
  10. Amanda Teles e Tamillys Camilo27 de maio de 2010 15:56

    Nooossa,adorei seu texto!
    é verdade mesmo,nosso amores sempre estão se renovando!
    Dá uma passada no nosso blog tb.
    Bjão
    Tamillys e Amanda

    ResponderExcluir
  11. Belo texto Tefinha ..
    Parabénsss !!!
    A cada dia melhor .
    TE amo .

    ResponderExcluir
  12. Passei juntamente por essa fase. Por favor me ame ! kkk. Engraçado. Infelizmente somos obrigados a ficar no nossso mundo mesmo. amar calado. Talvez essa seja asolução para um bom relacionamento. Quando demonstramos, parece que tudo vai se acabando. Ou talvez não seja a pessoa ideal.

    ResponderExcluir
  13. Dominique Spínola27 de agosto de 2010 10:04

    "Lembre-se de que houve uma época em que podia viver sem aquilo, sem aquela pessoa - nada é insubstituível, um hábito não é uma necessidade.
    Pode parecer óbvio, pode mesmo ser difícil, mas é muito importante." (Fernando Pessoa)

    =)
    É fundamental ressaltar outra vez que o interessantíssimo passou a ser normalíssimo.

    ResponderExcluir

Venha quando quiser: - Tem espaço na casa e no coração -(Caio Fernando Abreu)